Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas

A CONSTRUÇÃO EM NOVEMBRO DE 2022

Setor da Construção e Imobiliário abranda tendência de crescimento


Nos primeiros nove meses de 2022, em termos homólogos, a evolução do Investimento em Construção e do VAB do setor da Construção registou crescimentos de 0,8% e de 1,1%, respetivamente, variações que, apesar de revelarem um abrandamento na tendência de crescimento, demonstram, uma vez mais, a elevada resiliência do Setor num período de forte incerteza, marcado por um aumento acelerado da inflação, pela subida das taxas de juro e por um atraso no lançamento das obras públicas previstas.

Com efeito, até ao final do 3º trimestre de 2022, apura-se um aumento da área licenciada pelas autarquias, face a igual período do ano transato.

No mês de setembro, o índice de custos de construção de habitação nova aumentou 13,4%, em termos homólogos, mais 0,9 pontos percentuais (p.p.) que o observado no mês anterior, em face de variações homólogas de 18,6% no índice relativo à componente de materiais e de 6,1% no índice relativo à componente de mão de obra.

Em outubro, no mercado das obras públicas, verifica-se uma evolução menos negativa, quer nos concursos promovidos, quer nos celebrados. Deste modo, nos primeiros 10 meses de 2022, o volume de concursos de empreitadas de obras públicas promovidas apresenta uma redução homóloga de 10,8% (foi de -15,9% no mês anterior) e o volume de contratos celebradosregista uma variação homóloga temporalmente comparável de -31,6%2 (foi de -36,5%2 no mês anterior).


CONSTRUCTION IN NOVEMBER 2022

Construction and Real Estate sector slows growth trend

In the first nine months of 2022, in year-on-year terms, the evolution of Investment in Construction and GVA in the Construction sector recorded increases of 0.8% and 1.1%, respectively, variations that, despite revealing a slowdown in the trend of growth, demonstrate, once again, the high resilience of the Sector in a period of great uncertainty, marked by an accelerated increase in inflation, by the rise in interest rates and by a delay in launching the planned public works.

Indeed, until the end of the 3rd quarter of 2022, there is an increase in the area licensed by the municipalities, compared to the same period of the previous year.

In the month of September, the new housing construction cost index increased by 13.4%, year-on-year, 0.9 percentage points (p.p.) more than that observed in the previous month, in the face of year-on-year changes of 18.6% in the index related to the material component and 6.1% in the index related to the labor component.

In October, in the public works market, there was a less negative evolution, both in promoted and awarded tenders. Thus, in the first 10 months of 2022, the volume of tenders for public works promoted presents a year-on-year reduction of 10.8% (it was -15.9% in the previous month) and the volume of contracts signed registers a year-on-year variation temporally comparable figure of -31.6%2 (was -36.5%2 in the previous month) (Google translation).



© 2011 Fepicop. Todos os direitos reservados.

Redicom.pt