Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas

A CONSTRUÇÃO EM AGOSTO DE 2022

Investimento em Construção cresce 1,7% no 1º semestre


A evolução do Investimento em Construção e do VAB do setor da Construção, neste semestre, apresentou crescimentos de 1,7% e 1,3%, respetivamente, variações que denotam um abrandamento no ritmo de crescimento do Setor (+4,0% e +3,8% em 2021, respetivamente), num período em que, no mercado das obras públicas, se observa uma forte redução homóloga do volume de contratos celebrados, devendo ter-se presente o facto de que o Orçamento de Estado para 2022 apenas entrou em vigor no final do mês de junho.

Efetivamente, observa-se uma redução no volume de concursos de empreitadas de obras públicas promovidas nos primeiros sete meses de 2022 de 14,7%, em termos homólogos acumulados, e uma variação homóloga temporalmente comparável de -43%2 no montante dos contratos de empreitadas celebrados e registados no Portal Base. 

No mercado imobiliário, o número de fogos em construções novas licenciados pelas Câmaras Municipais nos primeiros seis meses de 2022, totalizou 15.558, o que corresponde a um aumento de 4,4% face aos 14.897 alojamentos licenciados no mesmo período do ano anterior. No mês de junho de 2022, o índice de custos de construção de habitação nova aumentou 12,9%, em termos homólogos, em resultado de crescimentos de 17,2% no índice relativo à componente de materiais e de 6,9% no índice relativo à componente de mão de obra.


CONSTRUCTION IN AUGUST 2022

Investment in Construction grows 1.7% in the 1st half


The evolution of Investment in Construction and GVA of the Construction sector, in this semester, presented growth of 1.7% and 1.3%, respectively, variations that denote a slowdown in the growth rate of the Sector (+4.0% and +3.8% in 2021, respectively), in a period in which, in the public works market, there is a strong year-on-year reduction in the volume of contracts signed, bearing in mind the fact that the State Budget for 2022 only entered into force at the end of June.

Effectively, there is a reduction in the volume of public works contract tenders promoted in the first seven months of 2022 of 14.7%, in accumulated year-on-year terms, and a year-on-year variation comparable in time of -43%2 in the amount of contracts for contracts concluded and registered on the Base Portal.

In the real estate market, the number of dwellings in new constructions licensed by City Councils in the first six months of 2022 totaled 15,558, which corresponds to an increase of 4.4% compared to the 14,897 licensed dwellings in the same period of the previous year. In June 2022, the new housing construction cost index increased by 12.9%, year on year, as a result of 17.2% growth in the materials component index and 6.9% growth in the related to the labor component (Google translation).



© 2011 Fepicop. Todos os direitos reservados.

Redicom.pt